Categorias
Midia

Como funciona o marketplace: IN & OUT

O marketplace é semelhante à estrutura de um shopping center. É um espaço, virtual, onde vendedores e prestadores de serviços encontram clientes, vice e versa, sendo o ambiente virtual um intermediador entre compradores e vendedores. No canal físico, é comum que as lojas sejam distantes e distintas umas das outras e suas vendas na loja sejam para clientes das proximidades, no contexto de Marketplace a proposta é a mesma: cada cliente compra da loja mais próxima ou a que tenha estoque do produto desejado, possibilitando assim uma variedade de ofertas de produtos e serviços ao menor tempo de entrega e disponibilidade, com o menor ou zero custo de frete.

O marketplace oferece a estrutura para o vendedor realizar a venda, com atração de clientes, sistemas de pagamento e envio, deixando a seu critério o faturamento e logística do produto.

Atualmente, com o cenário de marketplaces em grande ascensão, o mercado está repleto de modelos diferentes de marketplaces. Nem todos sabem que algumas plataformas populares de serviços, como a Uber, Ifood e airbnb, também são marketplaces.

Existem duas estratégias conhecidas que, embora estejam no contexto de Marketplace, são totalmente diferentes entre si: Marketplace Out e Marketplace IN

O modelo de Marketplace OUT consiste em realizar as vendas através da plataforma de terceiros, que oferecem seus marketplaces como “vitrine” para expor os produtos por categorias gerais ou nichos. Em troca dessa exposição, a plataforma cobra uma comissão pela venda de cada produto. Nesta estratégia o vendedor não precisa investir em sua própria tecnologia, o que acaba beneficiando os menores negócios.

Além disso, o custo é baseado na grande “vitrine” que seus produtos estão sendo anunciados, e claro na credibilidade e alta procura que a plataforma já possui por conta própria. 

Mas existem desvantagens nessa estratégia, que nem sempre são expostas pelas plataformas, dentre elas a comissão altíssima, a dificuldade do vendedor em definir a plataforma ideal, preocupação com a segurança que gera um prazo maior para recebimento do pedido já entregue, competição com concorrentes e consequente falta de personalização.

Resultado: Não cria identificação do consumidor com a marca, gera sucateamento de preços e conflito entre vendedores de uma mesma rede. Ainda, alguns vendedores que desejam destacar seus produtos por conta própria e aumentar vendas acabam optando pelo próprio marketing digital, que resulta em um alto custo não previsto inicialmente para Marketplace de terceiro.

O modelo de Marketplace IN, é uma estratégia que está em popularização e consiste em trazer novos sellers para a loja da marca, transformando sua operação atual em um verdadeiro marketplace. Suas vantagens são o aumento do tráfego e aumento de cobertura de entrega dos produtos, além da logística, estar vinculada diretamente ao vendedor, estoque centralizado na marca, fidelização de clientes, definição e controle de estratégias comerciais e de marketing dos produtos e da marca.

Muitas marcas têm apostado no marketplace IN para gerar receita adicional, inovar os processos e integrar on line off line na fidelização dos clientes. E, ao contrário do que muitos podem pensar, é possível implementar um marketplace IN licenciando uma tecnologia. Essa foi a decisão de empresas como DECA, CORAL, SANITRIT e RINNAI ao licenciar a plataforma da CAZCO DIGITAL. Tal lançamento foi feito sem custos elevadíssimos, com um investimento palpável e em pouco tempo entre a contratação e lançamento da loja personalizada da marca. Proporcionando aumento do mix de produtos, diferentes categorias para sua loja, curadoria do catálogo e serviços complementares, como instalação, por exemplo.

Se está em dúvida sobre qual a melhor estratégia, fale conosco!

pt Portuguese
X